Seu negócio não pode parar. Veja 5 dicas para que isso não aconteça!

No meio de tantas responsabilidades, compromissos e sonhos que temos com um negócio próprio, algumas ações podem prejudicar a empresa a ponto até mesmo de paralisa-la se as correções não forem feitas a tempo.

E na velocidade com que os negócios acontecem, o seu negócio não pode parar. Veja 5 dicas para que isso não aconteça!

1. Cuide de perto do seu Fluxo de Caixa

O Fluxo do Caixa é um dos instrumentos mais importantes de gestão e pode evitar que um negócio fique paralisado por problemas de caixa e de recursos para os pagamentos.

É importante que os pagamentos e recebimentos sejam diariamente previstos e atualizados em um horizonte de 6 a 12 meses, para que seja possível verificar em que momento a conta pode não fechar e ter problema de honrar compromissos, fazer novas compras ou investimentos.

Tudo isso pode frear e até paralisar a operação se os fatos financeiros não forem previstos com muita antecedência.

2. Muita atenção com o processo de venda

O processo de venda começa no atendimento aos clientes, nos canais digitais ou presencialmente, e passa pela negociação, faturamento e a entrega ou remessa, e cada etapa tem várias rotinas.

É um processo que envolve diversas pessoas e ações, e erros de avaliação podem paralisar algumas etapas, prejudicar a qualidade da venda e gerar ruídos com o cliente – e vai ser um depoimento a menos para a imagem do negócio.

3. Investir muito em reciclagens e treinamentos

Os clientes estão cada dia mais exigentes – nós mesmas somos muito – e a concorrência maior e mais qualificada. Se trabalharmos hoje da mesma forma que fazemos por meses, provavelmente vamos começar a ter problemas para fechar vendas ou produzir melhor.

Tudo isso passa por estar atualizados com as melhores técnicas e práticas de cada etapa do negócio – e as reciclagens atingem os colaboradores do seu negócio, os gestores e você também.

A qualificação constante é uma ferramenta poderosa para estar sempre à frente nas melhores formas de fazer cada coisa. E aprender coisas novas para o negócio nuca é demais.

4. Cuidar muito bem das suas informações

Seja um negócio digital ou tradicional, o maior ativo de uma empresa hoje em dia são as informações que ela gera e armazena – seus dados usados para as vendas e o marketing, históricos e segredos empresariais.

Agora imagina um ataque cibernético que sequestre seus dados? Os ransomware estão se tornando mais comuns, e além disso existe uma série de outras ameaças virtuais dispostas e paralisar a sua empresa – ou pior, roubar a memória dela.

É importante investir em dois itens:

Um antivírus de qualidade

Que tenha a maior cobertura vacinal para as ameaças e com ferramentas adicionais, como a checagem de e-mails.

Um sistema de armazenamento em nuvem

Para manter uma cópia de tosos os seus documentos em um lugar fora da empresa e poder acessar sempre que for preciso.

Estas medidas são fundamentais para que o seu negócio não fique paralisado até por um tempo indeterminado, provocando enormes prejuízos difíceis de serem recuperados.

5. Não parar por seu negócio por falta de energia

Este é um daqueles itens que normalmente passam despercebidos na hora de montar um negócio – sequer passa pela planilha de investimentos. Mas ter uma fonte auxiliar de energia é essencial.

Sabemos o prejuízo que pode ocorrer com a empresa parada por horas e até dias por causa de uma queda de energia. E a melhor forma de evitar é tendo um gerador de energia.

Ele vai funcionar nos períodos em que sua empresa ficar sem energia pública, garantindo que as operações não parem. Saiba como evitar que isso aconteça tendo seu próprio gerador de energia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *