Uma alimentação saudável todos os dias pode ser um aliado na prática de esportes!

Praticar atividades físicas, desde uma rotina de caminhadas médias e fortes, um programa de academia até um esporte de forma competitiva, é uma das melhores formas de manter o organismo e a mente saudáveis e promover o bem estar geral da pessoa.

Quais os principais benefícios dos esportes para a saúde?

A lista é grande e vai desde os benefícios gerais (alguns deles abaixo) até os específicos de cada indivíduo, para potencializar habilidades, eliminar incapacidades e ajudar na recuperação física.

  • Ajuda a reduzir e controlar o peso;
  • Mantém o colesterol bom e ruim em níveis desejados;
  • Reduz o risco de diabetes, obesidade, pressão alta e diversos tipos de câncer;
  • Aumenta a resistência muscular, a flexibilidade e a capacidade respiratória;
  • Combate a insônia;
  • Alivia a ansiedade e o estresse;
  • Auxilia no combate à depressão;
  • Potencializa a rapidez de raciocínio e na agilidade física;
  • Eleva a autoestima.

Alimentação saudável, a grande base para a prática esportiva

Como um veículo perfeito que somos, necessitamos do melhor combustível para o pleno funcionamento dos órgãos, tecidos e músculos.

E este combustível vem da alimentação, do que consumimos diariamente, da velha máxima somos o que comemos, e no caso da prática esportiva isso é ainda mais visível.

Precisamos nos alimentar de tudo que potencializa a disposição e a resistência para o esporte. Nosso organismo, sabiamente, absorve os nutrientes e leva eles até as células para começar o processo de abastecimento com energia, fundamental para a prática.

E quem são esses nutrientes?

Proteínas

Elas são fundamentais para a formação dos músculos, tecidos, unhas e cabelos, diminuem o índice glicêmico nas refeições e, com isso, também o acúmulo de gorduras.

As fontes recomendáveis são as carnes magras – carne vermelha, frango e peixe, preparados sem gordura e com as partes magras – ovos e iogurtes naturais. Também existem as proteínas vegetais: oleaginosas e leguminosas.

Carboidratos

Aqui não estamos falando dos carboidratos de alta carga glicêmica, como arroz, massas e pães brancos – esses devem ser muito reduzidos e até abolidos de uma dieta saudável, com ou sem prática de esportes.

Os itens que devem ser consumidos são os tubérculos – mandioca, batata-doce, aipim – e cereais integrais – pães e arroz integral. São fontes primárias de energia, essencial para a performance nos esportes.

O único cuidado é com o consumo à noite, ele deve existir para favorecer a criação de melatonina, que ajuda na qualidade do sono, mas o excesso pode ter efeito prejudicial no peso, pois o gasto energético é menor e favorece o acúmulo das calorias geradas.

Gorduras

Existe a boa gordura e ela está abundante na natureza, na forma de alimentos e auxiliam na produção de testosterona e na absorção de diversas vitaminas essenciais para o funcionamento de órgãos e músculos.

As gorduras do bem podem ser encontradas em muitos alimentos, como o abacate, o azeite de oliva extra virgem, as oleaginosas e os ovos.

A participação de um especialista é fundamental

Um nutricionista é a pessoa indicada para entender todas as suas necessidades específicas, descobrir carências e promover a alimentação saudável mais adequada. Não inicie a prática esportiva sem uma consulta e um plano alimentar direcionado ao esporte e à saúde em geral.

Também existem alguns suplementos que possuem componentes que beneficiam a performance mantendo os níveis de saúde. Você pode pesquisar na internet, um deles é o Black Mamba preço.

Cuidados da alimentação nos treinos esportivos

Hidratação

Água é um dos alimentos mais completos e deve estar presente durante todo o dia. O consumo ideal a partir da juventude é de 2 a 3 litros por dia e pode ser em porções. Ajuda na lubrificação e na eliminação de impurezas de todos os processos orgânicos.

Fracionar refeições

O ideal são as 3 refeições principais – café, almoço e jantar – intercalados de lanches, de forma que o corpo se alimente a cada 3 ou 4 horas. Assim a necessidade de alimento vai cair naturalmente, ajudando o corpo a gerar energia com mais eficiência e queimar calorias, mantendo o peso ou perdendo o excesso, o que contribui muito para o desempenho esportivo.

Eliminar alimentos nocivos

Refrigerantes, bebidas alcoólicas, sal e açúcar refinados, alimentos à base de farinha refinada são alguns dos inimigos da saúde e da atividade esportiva. Apenas corte da sua dieta, e em breve nem serão notados, diante dos benefícios que o seu corpo vai apresentar.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *